[Resenha] O Tempo que nos Falta - Victor Almeida

4
Título: O tempo que nos falta
Autor: Victor Almeida
Editora KBR
Edição: 1
ISBN: 8581800556
Ano: 2012
Páginas: 78



Sinopse - No livro acompanhamos a história de Doralice, uma jovem, que resolve abandonar tudo,inclusive seu grande amor, para ser livre. Viaja para a Europa sem dinheiro e passa a ter uma vida louca, cheia de excessos, substâncias ilícitas e outros prazeres que acabam consumindo-a aos poucos. Acabando por refazer, inconscientemente,os passos de sua mãe, uma hippie, que passou a vida seguindo ônibus de bandas de rock até acabar falida em uma clinica médica bem longe da filha que nunca conheceu. Mas nada disso é mostrado explicitamente, pois o livro é narrado pelo ex-namorado que desiludido pela inexplicável partida daquela que deveria ser o grande amor da sua vida, fica perdido e passa a procurar alguma forma de seguir seu caminho sem ela. Nessa busca acaba envolvendo-se com outras mulheres sem saber ao certo se o que procura é seguir adiante ou reviver os momentos passados que reluta em esquecer. Então Doralice vai aparecendo aos poucos, como peças de um mosaico não completamente encaixadas, uma sombra que sem saber desaparecer completamente fica a espreita para que queiramos saber mais sobre sua história, ou melhor, imaginá-la, para por fim acabarmos nos perguntando, assim como o narrador em determinado momento do livro, “o que poderia dar errado na vida de uma garota como aquela”. 




Um livro curtinho, mas encantador.
A história começa com o personagem indo para o Japão fugindo da estréia de uma de suas exposições.
Não sei seu nome, pois nem ao menos é citado, só sei do seu amor ou sua aventura com Doralice, ele conta a história do fim para o começo na verdade conta o fim e começa a se lembrar dos momentos juntos. Depois de um tempo parece que ela toma o tempo real.
Fiquei com ódio da Doralice pela simples frase de sua última briga com o personagem:

"Os Beatles foram a pior banda dos anos sessenta e não acrescentaram nada à música mundial " Pág 13

E depois disso acabou com os vinis do personagem jogando sua prateleira no chão com discos de tão bom gosto musical.
Eu tenho um certo problemas com alguns personagens e Doralice ganhou o meu desprezo.

A segunda parte fala de Julia, que o tal homem conheceu, mas fala também do reaparecimento da agora drogada Doralice.
Por ser curtinho o livro, tudo acontece bem rápido.

Mostra os encontros amorosos e aventuras de um personagem sem nome além de histórias com Julia, Ana, Doralice e até uma boneca feita sob encomenda com as feições do seu verdadeiro amor.

"Todo mundo deve ter um momento da vida para o qual gostaria de voltar" Pág 74

O final é demais, digo sempre que livros que falam de música me ganham.
Este me ganhou, e olha que comprei sem ao menos saber do que se tratava, comprei por ter me atraído sem alguma explicação.
Recomendo que leia este e "Juntos no Paraíso" livro do mesmo autor, que logo haverá resenha aqui também.

4 comentários:

Livroterapias disse... [Responder Comentário]

Adorei o título!
O livro parece ser bom mesmo!
Beijos
Rizia - Livroterapias
http://livroterapias.blogspot.com.br

Gabriela Cruz disse... [Responder Comentário]

Eu curti a resenha!
Gostei da estória tb.
Deu vontade de ler, ainda mais qndo vc comentou q gostou do final :)

:*

http://devoradoreshistorias.blogspot.com.br/

Raquel disse... [Responder Comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Raquel Otani disse... [Responder Comentário]

Eu li a história e também gostei muito!!
Recomento!

E o outro livro do autor "Juntos no Paraíso" também é ótimo!
Não vejo a hora de sair o próximo!

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

O blog está crescendo e sua opinião é muito importante. Ficaria muito feliz com seu comentário!